Pintura de pequenas cidades

Pintura de pequenas  cidades

Arte ingênua

.

Anos 80 e minhas pequenas cidadezinhas bucólicas


Nessa época eu já pintava uma arte ingênua tendo como inspiração as lembranças da minha infância vivida numa cidade do interior e outras pequenas cidades vizinhas. Como é normal,  nossa infância grava certos fatos que ficam armazenados para o resto da vida.
Essa ideia de pintar cidadezinhas nasceu um dia espontaneamente e foi logo depois de um curso de artes que que fiz na escola de Maria Guilhermina que me passava pessoalmente orientações de desenho e pintura, uma grande incentivadora das artes em Goiás e tive como professor o artista plastico Noé Luiz Mota.

Depois disso, independente do que aprendi, um dia tive a ideia de pintar casinhas pequenas, quase minúsculas como se estivessem sendo vistas do alto e em grande distância,  impressões conservadas da minha infância com toda a aquela pureza em minhas lembranças quando moramos naquela pequena cidade onde antes havia apenas uma igreja: a  evangélica. Depois de um certo tempo apareceu timidamente a construção de uma outra igreja, desta feita da igreja católica, enfim as duas tinham o mesmo Deus em comum. Haviam sinos que tocavam e até hoje eu gosto de ouvir os sinos das igrejas.
Esse período da minha vida ficou marcado e um dia como num sonho vindo da noite, inesperadamente me veio a ideia de passar para a tela a impressão que eu tinha daquela cidade que abrigou meus embalos de criança, minhas traquinagens,  ainda mais eu que era a mais rebelde de todas irmãs. E foi assim que nasceu minha arte primitiva que agradou bem, tanto é que ganhei dois prêmios no GREMI/81 Festival de Artes - Inhumas - Go e mais outro premio de seleção em 82.


Óleo s/tela - Cidadezinhas das minhas lembranças de infância, pequenas cidades como se vistas a distância e num plano mais alto.
Óleo s/tela - Cidadezinhas das minhas lembranças de infância, pequenas cidades como se vistas a distância e num plano mais alto. Elma Carneiro
Óleo s/tela - Cidadezinhas das minhas lembranças de infância, pequenas cidades como se vistas a distância e num plano mais alto. Elma Carneiro
Cidadezinhas das minhas lembranças de infância, pequenas cidades como se vistas a distância e num plano mais alto. Elma Carneiro
Vilarejo das minhas lembranças de infância, pequenas cidades como se vistas a distância e num plano mais alto. Elma Carneiro


.
Share on Google Plus

About Elma Carneiro

"Venturis ventis"
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Ponderações:

Postar um comentário



Prezado leitor amigo, sinta-se a vontade para dar sua opinião.
Você pode comentar também como anônimo, porém, deixe seu nome no final da mensagem por favor.

Obrigada, Elma


“Assim sendo, a criação artística é um processo mental e a obra de arte está no espírito do artista”. Croce
.