Uma tela morta


Quando um artista erra


Essa tela existiu um dia.

Depois de pronta, apesar de gostar do resultado, vi que não era esse o caminho que eu queria percorrer visto que não pretendia delinear nenhuma forma que viesse sugerir a lembrança de algo familiar como no caso desses dois elementos circulares.
Ela não tem minha assinatura porque tentei modificar alguma coisa e acabei por me perder no caminho.
Restou apenas o registro na fotografia porque normalmente vou fotografando minhas produções em suas várias etapas para me inteirar da sua composição. Percebi tarde demais que fui muito severa comigo mesma.

Uma forma geométrica  pode também ser abstrata por não conter linguagem focada em particularidades pessoais ou em algum objeto específico do nosso dia a dia.

 .
Uma tela morta - óleo s/tela de Elma Carneiro
Sem minha habitual assinatura - uma homenagem e esse momento  criativo que tive.
"Certamente que, em primeiro lugar a arte nasce de uma ideia que posteriormente passa a ser executada pelo artista. Muitas vezes nessa execução, o artista toma vários rumos na criação, vai desenvolvendo de acordo com sua evolução e raciocínio."



Share on Google Plus

About Elma Carneiro

"Venturis ventis"
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 Ponderações:

  1. Ai que pena!!!! Tão bonita e interessante!!!!

    ResponderExcluir
  2. Jane,
    As vezes pode acontecer, infelizmente é só percebe tarde demais, depois que tudo foi desfeito. É uma pena mesmo.
    Obrigada por sua presença. Bjs

    ResponderExcluir



Prezado leitor amigo, sinta-se a vontade para dar sua opinião.
Você pode comentar também como anônimo, porém, deixe seu nome no final da mensagem por favor.

Obrigada, Elma


“Assim sendo, a criação artística é um processo mental e a obra de arte está no espírito do artista”. Croce
.